Breaking News
Loading...
terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Info Post
Um disco digital de dados 5D que pode armazenar 360 terabytes de dados e que têm o tempo de vida útil de 13,8 bilhões de anos. Diariamente, estima-se, usamos dados equivalentes a 10 milhões de discos Blu-ray, agora, cientistas da Universidade de Southampton, Inglaterra, podem podem ter encontrado a solução. Usando vidro nanoestruturado, os especialistas criaram processos de gravação e recuperação de dados digitais em cinco dimensões a partir de uma escrita em laser. Segundo a Universidade de Southampton, as nanoestruturas alteram o caminho que a luz percorre no vidro, modificando a polarização que poderá ser lida pela combinação de um microscópio óptico e um polarizador, similar às lentes usadas em óculos da marca Polaroid. “Esta tecnologia pode garantir a última prova da nossa civilização. Tudo o que aprendemos não será esquecido”, ressaltou o professor Peter Kazanksky, que participou do desenvolvimento. A equipe de cientistas da Universidade de Southampton agora está à procura de parceiros da indústria para desenvolver e comercializar esta nova tecnologia.

0 comentários:

Publicar um comentário